Robô substitui pessoas na indústria da costura

softwear-automation-novidade

Chamada de Sewbot, a máquina de costura pode substituir 17 humanos no processo e ainda gerar economia de tempo e dinheiro para empresas. Confira!

A gente sabe que o mundo está cada vez mais moderno e os robôs estão invadindo as indústrias de costura. Por um lado, isto é ótimo, pois a otimização e automação do processo faz com que determinada marca produza mais em menos tempo. Por outro lado, não podemos esquecer que estes robozinhos estão substituindo o trabalho humano e, num momento de crise, isto é bem preocupante, não é mesmo?

softwear-automation-inocao

softwear-automation-sewbot

Então, atentos às últimas inovações do mercado, resolvemos te deixar atualizado falando um pouquinho sobre a Sewbot. Provavelmente você não ouviu falar desta máquina ainda, porque ela é uma invenção americana que está dando os primeiros passos no mercado internacional e na indústria de costura, mas é importante perceber desde já o quanto a tecnologia está influenciando no segmento da confecção.

Leia também:
Roupas feitas na impressora 3D, a nova aposta fashion
6 tecnologias de costura facilitam o trabalho no ateliê

Uma indústria de costura chamada Sewbot

A Sewbot é mais do que uma simples máquina de costura industrial. Ela representa uma verdadeira inovação na indústria de costura. Criado pela empresa norte-americana SoftWear Automation, o produto tem como objetivo principal confeccionar roupas sem qualquer tipo de auxílio humano. Para se ter uma ideia, no início do ano que vem, espera-se que esta máquina industrial de costura auxilie na confecção de uma empresa chinesa responsável pela produção de peças da Armani e Adidas.

O caráter autônomo da Sewbot vai possibilitar a criação da primeira fábrica de confecção totalmente com robôs no Estados Unidos. A máquina é capaz de produzir mais de mil camisetas em oito horas enquanto que humanos, dentro de um mesmo processo, não chegaria nem a 700. Sendo mais específico, em apenas 22 segundos uma camiseta é produzida, o que daria aí em torno de 800 mil camisetas por dia. Uma linha de produção descomunal, mas que não deixa exatamente muito claro a qualidade final das peças produzidas.

sewbot-softwear-automation

Isso é possível porque, durante a criação da Sewbot, a principal preocupação era que a máquina pudesse imitar o comportamento humano durante a produção. Ou seja, mesmo que o tecido seja difícil de trabalhar, a Sewbot é inteligente o suficiente para criar movimentos que só um humano conseguiria fazer. E é claro que por toda a sua eficiência, a máquina acaba custando muito mais caro que uma linha de produção humana, mas a longo prazo, os gastos são compensados.

softwear-automation

Mas será que a Sewbot é tão perfeita assim? Será que, em pouco tempo, ela vai substituir humanos e causar desemprego generalizado no setor de confecção e em toda a indústria de costura? Bom, pelo menos neste momento não, além da máquina ser cara e ainda pouco acessível ela tem algumas limitações, como, por exemplo, fazer um vestido de noiva ou qualquer outra peça personalizada e mais sofisticada. Isso porque seu maior expertise está na produção de modelos simples, como camisetas, e a equipe da Sewbot quer atender este mercado.

sewbot

De fato, a Sewbot representa uma inovação no mercado da costura e é inegável sua importância na produção de peças para o setor. Mas queremos saber a sua opinião: o que você acha deste tipo de tecnologia? Se você trabalha no ramo, se sente ameaçado por todas estas máquinas dominando as indústrias de costura ou acha que isso pode diminuir o trabalho escravo que sabemos que existe em determinadas linhas de produção? Conte tudo nos comentários!

Com informações de Olhar Digital.
Imagens: Fung Global Retail & Technology, Wall Street Journal, Bloomberg.